Por ser mulher

Por ser mulher

Por Mayara Paixão


“Companheiras,

mais um dia que passamos,

Construindo nossa luta

Para um amanhã cheio de sol…”*

A desigualdade de gênero ainda cruza todos os caminhos brasileiros e vai limitando, nas mínimas ações, a liberdade das mulheres. São olhares, pressões da família e deficiências nos espaços de representação que culminam em um país que, mesmo que avance, deixa uma ferida aberta que violenta as mulheres. Essa galeria nasce numa tentativa de reunir experiências particulares que se tornam comuns para muitas mulheres, cada qual dentro da sua experiência de vida, e reconhece a insuficiência das realidades representadas.

E você, o que deixou de fazer por ser mulher?

*Trecho de uma canção cantada em diversos presídios políticos cuja autoria é desconhecida. Retirada do livro “Da guerrilha à imprensa feminista: a construção do feminismo pós-luta armada no Brasil (1975-1980)”.