Culinária genuinamente imigrante

Culinária genuinamente imigrante

Por Caio Mattos


A Culinária Imigrante é tentadora. Isso é inegável ao perceber seu apelo popular, materializado na afloração de diversos restaurantes, e até mesmo franquias, ditos “estrangeiros”. Tal fenômeno desvirtua a simbologia pura da gastronomia imigrante. Então, como é um prato e um restaurante genuinamente imigrantes? Os estereótipos condizem com a realidade? Desprendida de Sí Señores e Outbacks, a Jornalismo Júnior encontrou quatro restaurantes cujo presente e cuja história são dignos da cultura a qual eles exprimem. Biyou’Z, Maria Escaleira, Portal da Coreia e Talal são exemplos da verdadeira culinária imigrante. Neles, as gastronomias africana, polonesa, coreana e síria (respectivamente) podem se sentir bem representadas na capital paulista.